Project Builder - Software de Gestão de Projetos

Afinal, o que é análise SWOT e como usá-la na gestão dos negócios?

por em Conhecimentos
  • Tamanho da fonte: Maior Menor
  • Hits: 1261
  • Increver-se para receber atualizações
  • Imprimir
1261

 

Para quem procura formas de conseguir melhorar os resultados da empresa sem ter que fazer grandes investimentos ou busca maneiras de reduzir custos na gestão e não sabe por onde começar, a análise SWOT é uma boa opção.

Para entender melhor o que ela faz e como aplicar esta ferramenta na sua empresa, juntamos aqui tudo que você precisa saber. Acompanhe conosco:

O que é a análise SWOT

Também conhecida como matriz SWOT, esta ferramenta de gestão ajuda a fazer um mapeamento do cenário onde se encontra a organização, de maneira a evidenciar todos os pontos negativos e positivos.

Com este diagnóstico feito, fica bem mas fácil ver o que precisa ser feito para corrigir situações desfavoráveis e o que pode ser feito para se aproveitar potencialidades e chances de aprimoramento da empresa em busca de mais retornos no final do mês

Durante esta avaliação, a análise SWOT divide o ambiente do empreendimento entre interno e externo. Quando estiver olhando para a parte de dentro, ela vai buscar levantar as forças (Strengths) e as fraquezas (Weaknesses) da empresa.

Já na hora de olhar para fora, ela vai buscar entender as oportunidades (Opportunities) e ameaças (Threats) que o mundo exterior oferece.

O conjunto de todas estas informações faz com que você possa entender melhor a situação vivida pela organização e encontrar o melhor planejamento estratégico de ação.

A análise do ambiente interno

Começando com a investigação do interior da empresa, vamos ver o que pode ser descoberto estudando as forças e fraquezas:

Forças (S)

São todos os aspectos que fazem a sua empresa, departamento ou que estiver sendo analisado se destacar positivamente.

Assim, podemos pensar em uma liderança que, por exemplo, se destaque em conseguir cumprir os prazos da gestão de projetos. Sabemos que, de uma maneira geral, este é um desafio de todo PMO que faz muita diferença no final das contas.

Um outro bom exemplo de força a ser identificada dentro de uma análise SWOT é a integração da equipe de trabalho. Embora seja algo um pouco mais subjetivo e difícil de ser medido, é definitivamente um ponto positivo em relação ao ambiente interno.

Fraquezas (W)

Ainda com os olhos voltados para dentro, o levantamento das fraquezas identifica o que não anda funcionando bem e que tem prejudicado de uma maneira mais impactante a sua performance.

Imagine, por exemplo, uma empresa que oferece soluções personalizadas de software e que tenha implantado recentemente a metodologia SCRUM, mas que ainda não domina direito essa forma de trabalho. A falta de um bom ritmo de produção e uma possível perda de controle dos processos seria uma fraqueza a ser apontada.

Outra fraqueza possível de ser encontrada em vários negócios é a questão do alto índice de absenteísmo. Uma grande falta de funcionários no cotidiano é, com certeza, uma fraqueza que precisa ser combatida.

A análise do ambiente externo

Depois de conseguir identificar o que ajuda e o que atrapalha a sua empresa a conseguir conquistar melhores resultados internamente, é hora de ampliar o foco e entender o contexto exterior através das oportunidades e ameaças.

Olharemos agora para o mercado consumidor, seus concorrentes, o governo, a legislação, a mão de obra disponível, as tecnologias e outras coisas do gênero:

Oportunidades (O)

Estando em um ambiente com muitas variáveis e onde diversas coisas acontecem o tempo todo, é possível que existam oportunidades a serem exploradas. Para isso, no entanto, elas precisam ser identificadas.

Ao fazer uma análise SWOT, você será forçado a pensar sobre isso, o que facilitará a percepção de tais oportunidades.

Um bom exemplo para uma empresa que busca baixar custos com infraestrutura pode ser a estagnação do mercado imobiliário. Com as vendas em baixa e os aluguéis mais baratos, pode ser vantajoso buscar uma nova sede durante esse momento mais frágil do mercado.

Outra sugestão de oportunidade é uma oferta de softwares em promoção com um valor de licença mais baixo do que o normal. Isso ajuda a baixar os custos da empresa.

Uma dica neste ponto é ficar atento às relações comerciais. Empresas e pessoas bem conectadas com o mercado geralmente acabam tendo acesso a mais oportunidades.

Ameaças (T)

Assim como as oportunidades, as ameaças que vêm do mundo exterior devem ser mapeadas. Isso garantirá um pouco mais de tempo de reação.

Por exemplo, um grande concorrente que chega e começa a disputar os mesmos clientes que você representa uma ameaça. Para conseguir não ser muito afetado por isso, sua gestão precisa pensar em planos para buscar outros mercados ou criar um diferencial para proteger a sua carteira de clientes.

O aumento brusco de custos fixos causados por reajustes de água, energia, telefone e internet também são ameaças às quais todas as empresas estão sujeitas. Em cada um destes casos, é necessário pensar em como minimizar este efeito buscando as alternativas que forem possíveis para reduzir os gastos e conseguir manter o fôlego financeiro do caixa da empresa.

Utilizando e entendendo as vantagens da análise SWOT

Agora que você já entende bem como funciona e já sabe fazer a sua análise SWOT, vai ver como fica mais fácil entender quais são os principais desafios a serem enfrentados, além de suas melhores armas.

Avaliando todos os itens levantados nos quatro tópicos, você deve traçar o seu plano de ação. Seu objetivo será sempre encontrar formas de potencializar todos as suas forças, buscar formas de aproveitar as oportunidades, resolver as fraquezas e minimizar os efeitos das ameaças.

Você verá que esta ferramenta ajudará bastante a sua gestão. Uma ótima dica é manter um calendário regular para refazê-la periodicamente, visto que a análise pode ser realizada a qualquer momento de seu negócio.

Além de não ter custos, ela fica mais fácil e rápida cada vez que é refeita, deixando a sua gestão em um nível superior de profissionalismo. Ela, além de poder ser aplicada à empresa, pode também trabalhar avaliando departamentos específicos, produtos ou serviços oferecidos aos clientes por ser totalmente ajustável ao ambiente avaliado.

Se por acaso você já conhece ou utiliza a análise SWOT, deixe aqui suas impressões sobre esta ferramenta ou comente o que já conseguiu fazer com ela em seu negócio. Caso não tenha ainda experiência, conte-nos o que achou da solução ou compartilhe suas dúvidas. Queremos ouvi-lo!

banner-end-post-520x115-final 

 

Últimos e-Books grátis:

  • capa ebook blogslow2
    Implemente um PMO
  • 7-segredos
    Dashboards Estratégicos
  • Capa-ebook-10passos2
    Analista de Negócios
  • ebook-bi
    Project BI
  • gerenciamentoagil-blog
    Gerenciamento Ágil
  • canvasmodel-blog
    Project Model Canvas (Atualizado)